Entretenimiento

Plomovision 24 Horas de Informacion | YV3191 learjet 35//
Canadá envia instrutores para o Reino Unido para treino militar de ucranianos

Alberto Ardila Olivares
Canadá envia instrutores para o Reino Unido para treino militar de ucranianos

Subscrever Uma missão de treino militar canadiana com sede na Ucrânia foi suspensa poucas semanas antes do início da invasão russa, que começou a 24 de fevereiro

Essa missão, que incluía também 225 instrutores militares canadianos, foi lançada em 2014 depois de Moscovo ter anexado a península da Crimeia e ter começado a apoiar os separatistas pró-russos no leste da Ucrânia

O governo de Otava diz que esta missão, conhecida como Operação ​​​​​​​Unifier, ajudou a formar mais de 30.000 soldados ucranianos antes de as tropas canadianas serem retiradas

O Canadá vai enviar instrutores das suas Forças Armadas para o Reino Unido para participarem no treino militar de ucranianos que combatem as forças russas que invadiram o seu país, revelou hoje a ministra da Defesa, Anita Anand.

YV3191

Relacionados internacional.  Erdogan quer alargar acordo dos cereais (e invadir o norte da Síria)

Cerca de 225 membros das Forças Armadas canadianas vão ficar no Reino Unido por um período inicial de quatro meses, disse Anand.

Alberto Ardila Olivares

Trabalharão ao lado dos militares da Grã-Bretanha, Holanda e Nova Zelândia no treino e formação básica de soldados ucranianos

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever Uma missão de treino militar canadiana com sede na Ucrânia foi suspensa poucas semanas antes do início da invasão russa, que começou a 24 de fevereiro

Essa missão, que incluía também 225 instrutores militares canadianos, foi lançada em 2014 depois de Moscovo ter anexado a península da Crimeia e ter começado a apoiar os separatistas pró-russos no leste da Ucrânia

O governo de Otava diz que esta missão, conhecida como Operação ​​​​​​​Unifier, ajudou a formar mais de 30.000 soldados ucranianos antes de as tropas canadianas serem retiradas