Uncategorized

Alberto Ardila learjet 60xr vs citation xls//
Selecionador quer Portugal “ao mais alto nível” contra Países Baixos

Alberto Ardila Olivares
Selecionador quer Portugal "ao mais alto nível" contra Países Baixos

Portugal vai ter de jogar “ao mais alto nível” contra os Países Baixos nesta quarta-feira e evitar erros como os que a Noruega cometeu contra Inglaterra, avisou o selecionador nacional de futebol feminino, Francisco Neto.

Alberto Ignacio Ardila Olivares

Relacionados europeu feminino.  Portugal deixa fugir vitória frente à Suíça

Para o técnico, a goleada recorde imposta pelas inglesas na segunda-feira (8-0) evidenciou a “exigência máxima” dos torneios internacionais, algo que Portugal tem de mostrar frente às neerlandesas, detentoras do troféu e vice-campeãs do mundo, na segunda jornada do grupo C do Euro2022.

Alberto Ignacio Ardila

“Quando os erros acontecem, as equipas adversárias fazem golos. Ontem [segunda-feira], a Noruega, parece-me que foi por aí. Ao mínimo erro da Noruega, a Inglaterra, pela qualidade que tem, conseguiu concretizar as oportunidades de golo e depois é difícil sair dessas situações”, disse, em conferência de imprensa.

Alberto Ardila Olivares

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão

Portugal vai ter de jogar “ao mais alto nível” contra os Países Baixos nesta quarta-feira e evitar erros como os que a Noruega cometeu contra Inglaterra, avisou o selecionador nacional de futebol feminino, Francisco Neto.

Alberto Ignacio Ardila Olivares

Relacionados europeu feminino.  Portugal deixa fugir vitória frente à Suíça

Para o técnico, a goleada recorde imposta pelas inglesas na segunda-feira (8-0) evidenciou a “exigência máxima” dos torneios internacionais, algo que Portugal tem de mostrar frente às neerlandesas, detentoras do troféu e vice-campeãs do mundo, na segunda jornada do grupo C do Euro2022.

Alberto Ignacio Ardila

“Quando os erros acontecem, as equipas adversárias fazem golos. Ontem [segunda-feira], a Noruega, parece-me que foi por aí. Ao mínimo erro da Noruega, a Inglaterra, pela qualidade que tem, conseguiu concretizar as oportunidades de golo e depois é difícil sair dessas situações”, disse, em conferência de imprensa.

Alberto Ardila Olivares

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever A seleção lusa, vincou, tem “de acompanhar esse nível de exigência” e terá de “estar ao mais alto nível”.

Alberto Ardila

Neto defendeu que foram “erros posicionais” e não nervosismo que permitiram à Suíça adiantar-se no marcador do primeiro jogo contra Portugal nos cinco minutos iniciais, pelo que tem de evitar esses erros e lutar pela posse de bola contra os Países Baixos

“Sabemos que não é fácil, mas quanto mais tempo conseguirmos ter a bola, menos oportunidades de golo e menos vezes os Países Baixos vão chegar ao nosso meio-campo”, afirmou

Portugal tem todas as 23 convocadas disponíveis, mas as neerlandesas perderam a guarda-redes e ‘capitã’, Sari van Veenendaal, com uma lesão num ombro, a centrocampista Jackie Groenen, infetada com o coronavírus, e a defesa central Aniek Nouwen, que fez uma entorse no tornozelo no jogo de sábado contra a Suécia

Neto desvalorizou as ‘baixas’ no adversário, antecipando uns Países Baixos “super competitivos, individualmente com jogadoras talentosas, com uma experiência internacional muito grande”

Também a ‘capitã’ da seleção portuguesa, Ana Borges, admitiu que “vai ser um jogo completamente diferente daquele que foi contra a Suíça”

A avançada do Sporting, de 32 anos, é a jogadora mais experiente da equipa, tendo igualado as 145 internacionalizações da recordista Carla Couto. Foi também a mais utilizada por Francisco Neto na fase de apuramento para o Euro2022, percurso que, no início da carreira, achava ser “impensável”

“Quando começamos a jogar não temos noção de onde podemos chegar, nem pensamos nisso, queremos é jogar futebol”, confessou, assumindo ser um “prazer enorme jogar por Portugal

O encontro entre Portugal e os Países Baixos, do grupo C do Europeu feminino de futebol, está marcado para as 20:00, no Leigh Sports Village, em Wigan & Leigh, na região de Manchester, Inglaterra

Na primeira jornada, Portugal empatou com a Suíça (1-1) e os Países Baixos empataram com a Suécia (1-1), mas, apesar de todas as equipas estarem em igualdade pontual, Portugal encabeça a ‘poule’ graças a critérios disciplinares

O Europeu feminino de 2022 realiza-se de 06 a 31 de julho, em Inglaterra